Seguidores

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Antenada com a Saúde - Outubro Rosa





O mês de outubro representa alguma coisa para você? E a cor rosa?
Imagino que deva se lembrar de momentos memoráveis, ok?
Para muitas mulheres, Outubro Rosa, traz lembranças de ocasiões de luta, força, resignação e perseverança. Pessoas que renasceram, por terem diagnosticado o Cancêr de Mama logo no início.
Se você não sabe, o movimento Outubro Rosa, é uma Campanha Mundial em Prol da Divulgação da Prevenção e dos Perigos do Câncer de Mama.
A ação teve origem nas cidades de Yuba e Lodi, na Califórnia, em 1997. Na época, todos os monumentos históricos foram iluminados com luzes rosa. Desde então, vários outros países aderiram à campanha. Desde o início desse mês, alguns pontos turísticos, mais importantes do nosso país, estão iluminados de rosa.
O objetivo principal é alertar a população sobre a importância da mamografia periódica para todas as mulheres com mais de 40 anos e do diagnóstico precoce.
As estatísticas mostram que, a Mamografia é o melhor meio para detectar tumores ainda em fase inicial, possibilitando a cura em até 95% dos casos.
Hoje em dia, a Lei Federal 11.664/2008, garante a realização do exame mamográfico pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todas as mulheres a partir de 40, e não mais de 50 anos de idade como era anteriormente.
O Câncer de Mama pode ser diagnosticado em pessoas jovens e também em homens. . Por isso fique ligado!
Segue abaixo, um texto que copiei do site ladyrasta.com.br. Ele cita dez informações que você precisa saber sobre o Câncer de Mama. Vale à pena ler, pois me surpreendi com algumas notícias. #prevençãoéomelhorcaminho
Por favor, divulguem essas informações, ok?

1. – Aspectos Gerais
De acordo com o Inca, o
câncer de mama é o que mais causa morte entre as mulheres. No mundo, é uma das principais causas de mortalidade feminina, sendo raro até os 35 anos, com os riscos aumentando progressivamente após essa idade

2. Fatores de Risco
Os maiores fatores de risco são : Dentre os fatores de risco para o desenvolvimento de um câncer de mama estão a idade e o histórico familiar. Ingestão de álcool, menarca precoce, menopausa tardia, ocorrência da primeira gravidez após os 30 anos e nuliparidade (não ter filhos) também são exemplos de fatores de risco para o desenvolvimento do câncer.

3. Sintomas
Os sintomas do câncer de mama palpável são o nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações ou um aspecto semelhante a casca de uma laranja. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.

4. Da necessidade do diagnóstico precoce :
Se no momento do diagnóstico o tumor tiver menos de 1 centímetro (estágio inicial), as chances de cura chegam a 95%. Quanto maior o tumor, menor a probabilidade de vencer a doença. A detecção precoce é, portanto, uma estratégia fundamental na luta contra o câncer de mama.

5. O auto exame não é mais o melhor modo de diagnosticá-lo
Durante muito tempo, as campanhas de conscientização para o câncer de mama divulgaram a ideia de que o autoexame das mamas, baseado na palpação, era a melhor forma para detectá-lo precocemente. Mas o tempo passou, a medicina evoluiu e as recomendações mudaram.
O autoexame continua sendo importante – mas de forma secundária. Quando o tumor atinge o tamanho suficiente para ser palpado, já não está mais no estágio inicial, e as chances de cura não são máximas.

6. A mamografia é essencial para o diagnóstico precoce
Para que seja possível um diagnóstico precoce, é preciso que se faça a mamografia, que consegue detectar nódulos de tamanhos muito menores do que o auto-exame é capaz de fazê-lo. Especialistas estimam que mortalidade por câncer de mama em mulheres entre 50 e 69 anos poderia ser reduzida em um terço se todas as brasileiras fossem submetidas à mamografia uma vez por ano.
No entanto, apenas 35% das mulheres brasileiras têm conhecimento de que a mamografia é o caminho para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Tal desconhecimento faz com que tenha sido percebido um aumento na mortalidade causada pela doença aqui no Brasil, enquanto que esse número vem diminuindo nos países desenvolvidos – diferença essa em grande parte atribuída ao diagnóstico tardio (Entre 1999 e 2003, quase metade dos casos de câncer de mama foram diagnosticados em estágios avançados, segundo estudo do Instituto Nacional de Câncer – Inca).
É de suma importância portanto, que essa informação chegue às pessoas menos esclarecidas.

7. SUS é obrigado por lei a fazer mamografia anual em mulheres acima de 40 anos
Com o advento da Lei Federal nº 11.664/2008, em vigor a partir de 29 de abril de 2009, o SUS passa a ser obrigado a fazer ANUALMENTE exames de mamografia na mulher acima de 40 anos.
No entanto, para que tal lei seja cumprida, é preciso pressão e fiscalização da sociedade – e cumpre a nós pressionar e fiscalizar a o governo.

8. Mamografia deve ser feita em locais abalizados
Outro problema que prejudica a detecção precoce do câncer de mama é a má qualidade das mamografias feitas no País. Numa pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), 77% dos exames foram rejeitados por problemas técnicos relacionados à qualidade da imagem, ao posicionamento incorreto das pacientes e ao uso inadequado dos equipamentos. O resultado é, além de tumores que passam despercebidos e de biópsias desnecessárias, o grande número de mamografias que precisam ser refeitas.
Para combater o problema, o Colégio Brasileiro de Radiologia, em parceria com o Inca e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), criou, em 2005, um programa de certificação de mamógrafos, que conta com o apoio da Femama e do Instituto Avon – mas eles ainda são muito poucos.

9. Ele não atinge só as mulheres
Estamos acostumados a associar o câncer de mama apenas às mulheres; no entanto, apesar de o número de homens atingidos pela doença ser bem inferior (apenas 1% de todos os casos) , e bom ficar atento – principalmente aqueles que possuem histórico de câncer na família.

10. Leis amparam os acometidos pela doença
E é preciso
se informar. Alguns exemplos:
- saque do FGTS e PIS quando titular ou dependentes sofram da doença;
- reconstrução da mama através do SUS;
- compra de veículo isento de IPI, ICMS e IPVA, dispensado do rodízio (em SP);
- passe livre nos transportes públicos;
- quitação do imóvel pelo SFH nos casos de invalidez permanente comprovada;
É necessário informar-se corretamente quanto a isso.

Fonte Imagens: Google

27 comentários:

  1. MUITO BACANA ESSE POST É UM ALERTA PARA TODAS AS MULHERES!!
    BOA SEXTA FEIRA!

    ResponderExcluir
  2. Que bacana esse post!
    Aqui a Tokyo Tower e outros monumentos tb ficaram rosa, muito bonito!
    Tantas mortes podem ser evitadas com um simples exame...que todos guardem essa consciência!
    bom dia!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Katia!

    Desculpe a demora pra agradecer sua visita lá no Desnudo e, pelo comentário deixado...
    Mas andei meio que dodói, por isso a demora!
    Mas seu post, vem como um alerta, mais um!
    Onde todos sim, principalmente vocês mulheres, pois é uma doença silenciosa, quando chega, muitas das vezes, já é tarde demais...
    Belo tema bordado Katia, meus parabéns!

    Um lindo dia pra Ti querida, cheia d e paz e amor em seu coração..

    Marcio RJ

    ResponderExcluir
  4. Post de utilidade pública, é sempre bom ficarmos alertas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá!!!
    Obrigada pela visita. É um assunto sério e vale à pena divulgar.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Ká

    Um ótimo fim de semana pra ti amiga.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá !!
    Tudo bem !!!
    Obrigada pela visita ao meu blog , fico sempre muito feliz !!!
    Tema mega importante que também postei ,
    Bjssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  8. Ká querida, aqui em Caçapava está sendo super divulgado o outubro rosa e as mamografias sendo realizadas com sucesso.
    Amei saber mais sobre o assunto, de onde veio, quando iniciou e também ver os pontos turísticos iluminados pela linda cor rosa.
    Pra você minha querida, beijos cor-de-rosa.
    Tenha uma linda noite.

    ResponderExcluir
  9. Gostei do seu blog. Parabéns.
    Um beijo do Observador.

    ResponderExcluir
  10. Que ótimo post Katia! Sempre bom falar sobre isso, alertar e dar mais informções. Já RT.

    Adorei conhecer seu cantinho e já estou lhe seguindo :)

    beijos e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  11. Menina, só agora vi que já lhe seguia, mas seu blog não estava na minha lista :( imperdoável!

    ResponderExcluir
  12. Ká, queridaaaaa!

    Que lindoo esse post, esse ALERTA.
    Conta comigo.
    Já trabalhei alguns anos pela Santa Casa, nessa campanha contra essa doença, que tem cura qdo diagnosticada a tempo. A prevenção é fundamental!

    Beijooooooooooo, tava com saudade daqui!

    ResponderExcluir
  13. P[Bom dia, Kátia!!

    Passando pra te desejar um ótimo fim de semana, cheia de paz, harmonia e amor em seu coração...

    Com todo carinho

    Marcio RJ

    ResponderExcluir
  14. Oi , Ká !

    Postagem super importante , como sempre !!! :)




    BjO e uma Noite Serena.

    ResponderExcluir
  15. Belo blog, com muitas dicas pertinentes e figuras femininas bem abordadas.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  16. Ótimo post Ká, sempre bom estarmos alertas à nossa saúde!!! Bjos!

    Andréa

    ResponderExcluir
  17. Oi,Querida!Adoro seus post de utilidade pública é bom saber disso não conhecia o movimento outubro rosa, muito bom saber dessa iniciativa.
    Um ótimo domingo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá amigos!!!
    Obrigada pelos comentários.
    Vcs enriqueceram o post.
    Mil beijocas!!

    ResponderExcluir
  19. Kátia, estou encantada com seu blog e com informações importantes e preciosas.
    Feliz com você no Misturação.
    Vim dar-lhe as boas vindas.
    Xeros

    ResponderExcluir
  20. Kátia,

    Bela iniciativa!

    Eu não sabia deste movimento rosa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Hola amiga. Aqui en Argentina hoy se celebra el día de la madre. Desconozco si eres madre, de cualquier manera te saludo y espero que pases un lindo día.

    ResponderExcluir
  22. Ká, minha linda,

    É sempre bom lembrar essas campanhas.
    Te desejo uma boa semana.
    Sejamos rosas, sempre.

    Bjocas

    ResponderExcluir
  23. Amigos...
    Sejam sempre bem vindos!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Olá, Katia! Que delícia navegar nesse seu blog. A prevenção do câncer feminino é assunto muito sério. Engajada nessa luta, temos aqui no Vale do Paraíba uma fotógrafa que fez a mostra "Eu Peito" com fotos de mulheres que passaram pela cirurgia de mama e estão aí, unidas na luta de conscientização de outras mulheres. Seu nome é Edna Médici.Vale a pena conhecer seu trabalho. Grande abraço e parabéns!

    ResponderExcluir
  25. Lu vou conhecer o trabalho da Edna., Obrigada pela dica e por me seguir..
    Beijos!!

    ResponderExcluir