Seguidores

domingo, 12 de dezembro de 2010

Saúde Feminina... Glândulas de Bartholin

Já ouviu falar em Glândulas de Bartholin?
São duas glândulas localizadas na vagina, responsáveis pela lubrificação, que prepara a mulher para o ato sexual.
Muitas mulheres não sabem da sua existência, às vezes descobrem numa maneira nada agradável. Essas glândulas podem inflamar formando cistos ou abscessos. O que muita gente não sabe é que aquelas calças jeans, bem justas, apertadas no gancho, podem obstruir essas glândulas. Mas elas podem apresentar outro tipo de problema. Leia o artigo do site (abcdasaude.com.br) e conheça mais sobre essas importantes glândulas. #informaçãoétudo
ABSCESSO E CISTO DA GLÂNDULA DE BARTHOLIN
O que é?
As glândulas de Bartholin secretam muco para hidratar a região vulvar. São semelhantes às glândulas dos mamíferos. Estão localizadas bilateralmente na área vulvovaginal profundamente na vulva. Cistos e abcessos são as causas mais comuns de queixas relacionadas a essas glândulas. Tumores originados nessas glândulas são extremamente raros (carcinoma da glândula de Bartholin). As obstruções não inflamatórias dos ductos geralmente são de origem traumática, secundárias a traumatismos do períneo, lacerações obstétricas (durante o parto) ou à episiotomia (corte que, algumas vezes, se realiza no períneo para facilitar a saída do feto).
O que se sente?
Cistos:
Pequenos cistos dos ductos de Bartholin podem ser encontrados nos exames pélvicos de rotina podendo ser assintomáticos até atingirem um tamanho considerável ou causarem sintomas como dor vulgar, desconforto durante a relação sexual, dificuldade para caminhar ou sentar.
Como se trata?
Os cistos assintomáticos não requerem tratamento. Quando há sintomas importantes e nos casos recorrentes a cirurgia pode ser necessária. Como o local é muito vascularizado, pode haver sangramento de difícil controle, causando hematomas importantes. A biópsia deve ser considerada em mulheres acima de 40 anos para excluir carcinoma.
Abscessos:
A infecção e a obstrução do ducto, com formação de um abscesso, é um quadro agudo que requer intervenção imediata. A queixa principal é a dor, muitas vezes intensa. O local apresenta-se tenso, quente e muito sensível. Pode haver uma zona vermelha ao redor da abertura do canal e saída de secreção. Os germes freqüentemente envolvidos são aqueles de transmissão sexual, como o gonococo e a clamídia, ou anaeróbios (germes comuns no intestino).
Como se trata?
Os abscessos da glândula de Bartholin podem drenar (romper) espontaneamente ou devem ser drenados cirurgicamente sob anestesia local ou geral. Aqueles que drenam espontaneamente têm chance maior de recorrer (voltar). Banhos de assento e medicação para dor podem aliviar o desconforto. O uso de antibióticos está indicado em algumas pacientes (pacientes diabéticas, com comprometimento sistêmico ou imunossuprimidas).