Seguidores

domingo, 14 de novembro de 2010

Aung San Suu Kyi - Orgulho dessa mulher

Aung San Suu Kyi é o que chamo de verdadeira heroína. A ativista de 65 anos, foi libertada neste sábado dia 13, após passar os últimos 15 anos em prisão domiciliar. Ela luta há 21 anos para trazer a democracia ao seu país, Mianmar.
Se engana quem pensa, que a vida dela foi light por estar presa em casa, não em uma prisão. Ela ficou a maior parte desse tempo sem ver seus filhos, seu marido (que morreu de câncer em 1999). Ela tem netos que nunca conheceu. Diz que passou a maior parte do tempo, no confinamento, ouvindo rádio.
O espírito de luta está em seu sangue. Filha do general Aung San, seu pai foi responsável por conduzir Mianmar à independência da Inglaterra. Mas foi assassinado por inimigos políticos (ela tinha 2 anos).
Após a morte de seu pai, Aung morou na Índia e também no Japão. Decidiu voltar para seu país em 1988 e justamente nessa época Mianmar passava por um período político delicado. O povo saindo nas ruas pedindo reformas democráticas. E não ficou indiferente. Por isso, não demorou muito, para ser considerada líder do movimento contra o então ditador general.
Mas essas manifestações foram duramente reprimidas e embora seu partido tenha vencido as eleições de 1990, a junta militar se recusou a sair do poder, e permanece no controle do país até hoje.
Por seus esforços para trazer a democracia para Mianmar, ela foi premiada com o Nobel da Paz em 1991.
Resumindo, ela sofreu represálias (como a prisão domiciliar), por liderar um movimento Pró democracia.
Você acha que ela desistiu do movimento? Veja o que ela disse em seu discurso hoje: "Se o meu povo não está livre, como posso dizer que estou livre? Ou estamos livres juntos ou não estamos livres."
É ou não é uma heroína? Também acho ela linda! #orgulhodessamulher
Fonte: Imagens do Google

17 comentários:

  1. Querida amiga, o mundo precisa de mulheres assim como Aung, principalmente em paises como Mianmar, antiga Birmânia, onde as mulheres são tem nenhum direito. Tenha uma linda semana. Beijocas

    ResponderExcluir
  2. ela é uma mulher maravilhosa, admirável! e detalhe, muito feminina tb. é encantador ver uma mulher tão delicada e tão forte ao mesmo tempo, mudando a história de um país e de certa forma, do mundo todo.

    linda homenagem, merecida.

    bom feriado pra vc

    ResponderExcluir
  3. Olá Kátia
    Muito legal você postar sobre mulheres tão guerreiras, e que a maioria de nós desconhecemos. Foi bom saber.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. ADOREI SABER SOBRE ESSA MULHER FRÁGIL E AO MESMO TEMPO FORTE COMO UMA ROCHA!

    ResponderExcluir
  5. Oi linda...
    É a primeira vez que entro no seu blog!! amei tudo por aqui, e já toh te seguindo!!
    Nossa, heroína mesmo... ami a homenagem à algums muleres na lateral do seu blog!!

    Depois passa no meu cantinho e me segue também!!
    Ta rolando o primeiro sorteio do blog!!

    Beijinhos!
    http://danimakeups.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Katia adorei seu cantinho, a idéia de manter um espaço para homenagear as mulheres espetaculares que já passaram por este mundo foi muito legal... adorei !! com certeza volto para te conhecer melhor.

    Abs,

    ResponderExcluir
  7. Mulher forte admirável, merece o reconhecimento e o respeito... Bjãoooooooooooooo

    ResponderExcluir
  8. Oi Kátia,fiquei muito feliz em ver que vc está fazendo parte do meu blog.Muito obrigada.Estou te seguindo tambem,seja bem vinda! bjocas...

    ResponderExcluir
  9. Olá...Kátia!!!
    tem um selo no meu blog para você!!!
    é só clicar AQUI

    ResponderExcluir
  10. Kátia! Demais! Mt bom sabermos que existiram ou existem mulheres de fibra e lutadoras! E isso nos inspira, né?
    Entra lá no meu blog que tem post novo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. É a força de um ideal. A maior parte dos homens não têm esse ímpeto e vivacidade de espírito para continuar a lutar pelo que acredita.
    Que ela consiga avivar o desejo de ser livre de seu povo.

    Bjo

    ResponderExcluir
  12. Pena, Kátia, que nem todos entendemos os sonhos de liberdade. A maioria das vezes, vivemos presos dentro de nós mesmos, mas não abraçamos as causas coletivas que nos libertarão. Beijos

    ResponderExcluir
  13. Uauu!!! Que maravilhoso exemplo para nós mulheres, a luta pela democracia e liberdade nada tem a ver com truculência e valentões, eis aí um bom exemplo, uma mulher delicada, linda e pontencialmente forte,

    Adoro vir aqui para ver a galeria de mulheres que fizeram a diferença!

    Bjs amiga!

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo post!

    Linda essa mulher, beleza interna que se exterioriza.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Katia: O mundo precisa de mulher assim além de ser linda e de uma beleza interna enorme ela luta pelo bem do povo do seu País.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  16. Uma mulher admirável!!!
    Da orgulho de ver mulheres assim; elas mostram que o sexo feminino tem força para lutar pelo que acredita. Bjks

    ResponderExcluir